Página principal

From Ameias

ESCRIT A MEIAS

Um sonho infeliz


Projecto de escrita colaborativa: 3za éme e EB1 de Ventosa


3ZA: Era uma vez um sonho infeliz porque nunca tinha sido sonhado por ninguém. Sonho para ser feliz precisa de pelo menos um sonhador. Podem ser até muitos mais, mas não ter nenhum...

E.B.1 de Ventosa:...é muito triste. Tão triste que o sonho infeliz, tão solitário e com tanta vontade de ser sonhado, todos os dias adormecia e acordava a pensar se alguma vez iria ter um sonhador. Quem seria?...Como se chamaria?...De onde seria?

3ZA: Perguntas, perguntas... só perguntas. Seria de um planeta onde havia muitos sonhadores e lhe diziam que se chamava Terra? Ou de outro qualquer planeta distante? É que o sonho morava...

E.B.1 de Ventosa: ...num planeta distante da Terra onde só viviam sonhos. Este planeta era muito brilhante, com as cores do arco-íris e com muitos anéis que serviam de redondos escorregas para os sonhos se divertirem. Mas, mesmo assim, este sonho infeliz não se divertia, porque...

3ZA: ... não tinha companhia para brincar. Acontece que os sonhos se divertiam a escorregar pelos escorregas com os sonhadores que os visitavam... e este sonho nunca tinha visitas! Qual é a graça de brincar sempre sozinho? Uma vez ou outra ainda pode ser, mas sempre? Um dia, já cansado de estar tão só e triste, resolveu ir-se embora desse planeta em que vivia e...

E.B.1 de Ventosa: ...lá foi ele pelo espaço, saltitando de estrela em estrela. A certa altura, já cansado de tanto saltitar, resolveu parar e descansar. Estava em cima de uma estrela muito cintilante e reparou em todos os planetas tão coloridos que via dali. Saltou para o planeta mais próximo da Terra que era grande e de vários tons de azul e lá encontrou...

3ZA:... um ser tão estranho, tão estranho, que ninguém conseguiria nunca imaginar, quanto mais sonhar. Parecia ter vergonha de ser assim e tentava esconder-se atrás de umas rochas cor de violeta que nada ocultavam. Acima delas podia ver-se tudo! Tinha assim umas antenas muito compridas cor-de-laranja e umas pestanas azuis encaracoladas. O seu corpo era...

E.B.1 de Ventosa:...redondo, com manchas e com patas de várias formas. O sonho infeliz aproximou-se devagarinho da estranha criatura e tentou tocar-lhe, mas ela recuou e mudou de cor, porque tinha uma particularidade. Parecia um camaleão porque mudava de cor conforme o sítio onde se encontrava. - Não tenhas medo - disse o sonho.

3ZA: - Eu não te faço mal. Sou só um sonho triste com um sonho: ser sonhado por alguém. Já mais calma, a estranha criatura perguntou: - E o que é um sonho? - Um sonho... bem, um sonho... como é que eu te hei-de explicar? - respondeu atrapalhado o sonho.

E.B.1 de Ventosa: - Vá lá diz... - Um sonho pode voar mesmo sem ter asas, pode voar muito, muito alto até onde o sonhador quiser. Mas um sonho tem de ser sonhado e para isso é preciso um sonhador. Um sonho pode ser colorido, alegre, imaginativo,divertido,carinhoso, risonho, feliz ou infeliz... como eu.

3ZA: - Então estás a dizer-me que um sonho é assim como uma coisa que não é mas que pode vir a ser? Uma coisa que não existe, mas que pode um dia existir. Algo que pode ter cores e sentimentos? Voar sem ter asas? É que eu sinto-me exactamente assim... Será que sou um sonho e não sei?

E.B.1 de Ventosa: - Talvez. És colorido, engraçado,...Sentes que podes voar? - Não sei...voar é não tocar com os pés no chão e sentirmo-nos nas nuvens? - Sim, claro que sim, mas para que um sonho voe, o sonhador tem de ter imaginação e querer "com muita força" realizar o seu sonho.

3ZA: Ficaram assim à conversa durante muito tempo, esquecidos do tempo, esquecidos das tristezas que lhes tiravam um bocadinho as cores de que eram feitos, como se fossem amigos há muito. Mas o tempo é assim uma coisa que não dura para sempre e, a certa altura, resolveram ambos...

E.B.1 de Ventosa:...ir dar um passeio pelo planeta da estranha criatura para se conhecerem melhor e para o sonho infeliz conhecer o planeta de várias tons de azul. A certa altura o sonho infeliz perguntou: - Qual é o teu nome? - O meu nome é Coloróide.

3ZA: - Coloróide é um nome bem engraçado. Eu gostava de ter um nome, mas só poderei ter um no dia em que alguém sonhar comigo e me disser como me chamo - suspirou o sonho infeliz. Coloróide nem queria acreditar que houvesse alguém que se sentisse pior do que ele. Pensou calmamente no assunto e teve uma ideia para animar o amigo. Sim, amigo. Era nome que já podiam usar um em relação ao outro depois de tantas confidências e partilhas. Resolveu

E.B.1 de Ventosa:...propor-lhe uma viagem para tentar encontrar um sonhador. - Boa ideia- disse o sonho infeliz. E como é que vamos? - Vamos observar as nuvens... Ao fim de algum tempo o Coloróide disse entusiasmado: - Olha. Ali está uma nuvem que nos pode ajudar. Tem a forma de uma nave espacial. - Vamos até lá... Saltaram e agarraram-se bem à nuvem, mas a certa altura, o vento soprou mais forte e eles entraram no meio de um escorrega de cores muito longo e belo e foram ter...

3ZA: ... a lado nenhum. Ora, lado nenhum é o pior lado onde podemos chegar. Porque nem sequer existe. E se não existe, não faz sentido chegar lá. Portanto ficaram com um enorme problema para resolver. Afinal, só queriam mesmo encontrar um sonhador em algum lado e seria difícil encontrá-lo num lado assim que não era lado nenhum. O que fazer? Ao preparar-se para sair dali (o que era tarefa difícil pois... como se sai de um sítio que não é sítio nenhum?)ouviram uma voz sumida e distante. - Por favor, não se vão embora! Sinto-me tão sozinho... eu queria tanto ser um certo lado, ou até um lado qualquer... Nem queriam acreditar! O lado nenhum falava! Voltaram, sem saber exactamente para onde, e tentaram perceber o que estava a acontecer...

E,B,1 de Ventosa: ...e donde vinha aquela voz suave, meiga e que quase não se ouvia. Receosos, mas com muita vontade de perceber o que se estava a passar, resolveram perguntar: - Onde estás? - questionou o sonho infeliz. E a voz distante respondeu: - Estou aqui, quase ao pé de vocês. - Onde, que não te vemos?...

3ZA: - Nem podem ver. Eu sou invisível. Já encontraram alguma vez um lado nenhum que se visse? O sonho infeliz e o seu amigo perceberam então que era só uma voz no ar a falar, sem corpo. Não existia mais nada, só um som doce e vagamente triste que vinha de lado nenhum... - Posso ir convosco a qualquer lado? Ficava muito contente de deixassem! Já adivinharam a resposta. É claro que Coloróide e o sonho responderam sim e lá partiram os três com os olhos postos na Terra onde queriam chegar. Desta vez o meio de transporte escolhido foi...

E.B.1 de Ventosa: ...um astro constituído por três partes, a que se chama cometa. Passaram por muitos outros astros e depois de algum tempo chegaram ao tal planeta azul e verde a que queriam chegar. Ficaram contentíssimos, maravilhados e bastante surpreendidos com tanta beleza à sua volta. Mas que sítio seria aquele? Tudo era tão branco e gelado!...Mas lá ao fundo avistaram uns pontos pretos que se mexiam. O que seria aquilo?

3ZA: - Foram-se aproximando devagarinho, muito devagarinho, porque o desconhecido pode ser uma coisa muito assustadora e eles queriam ter a certeza de que não corriam perigo. Já mais perto ficaram espantados com o que finalmente conseguiam ver! É que os pontos pretos, afinal...

E.B.1 De Ventosa:... eram animais pretos e brancos, com o corpo coberto de penas, duas asas pequenas, duas patas e um bico. - Olá, quem são vocês? - Nós somos aves. - Aves? - perguntou Coloróide. - Então voam!- exclamou o sonho infeliz. - Não... Nós somos uma das espécies de pinguins, mas não conseguimos voar. O lado nenhum ficou admiradíssimo e perguntou:

3za: - De que serve ter asas se não se consegue voar com elas? - Ora! Servem para nadar... e até para deslizarmos no gelo! Não podemos passar a vida a lamentar uma coisa que não é possível! Temos de conseguir dar a volta, arranjar solução e seguir em frente! Os três amigos olharam uns para os outros com se tivessem acabado de descobrir algo. Algo assim que até poderia ser uma resposta aos seus problemas.Foi então que...

E.B.1 de Ventosa:... o sonho infeliz se apercebeu que talvez ali pudesse encontrar o seu sonhador. E resolveu perguntar: - Vocês não têm frio aqui no meio deste gelo todo? - Não, nós temos uma boa camada de gordura e uma plumagem densa que nos protege do frio. - Então só conseguem viver no gelo? -Só. Por isso é que nós sonhamos que os seres humanos deixem de poluir tanto o planeta. O sonho infeliz começou a sentir-se um pouco mais feliz, porque...

3za: finalmente conseguiu ouvir as palavras mágicas que procurava há tanto tempo: "nós sonhamos". Se eles sonhavam... sonhavam... então ele podia ser o sonho deles! Só era preciso que lhe explicassem como era exactamente esse sonho com que sonhavam, para se transformar nele e deixar de ser apenas um sonho infeliz! Os amigos percebendo logo a razão daquele sorriso que começava a aparecer na cara do sonho agora menos infeliz, resolveram ajudá-lo e pediram aos pinguins que...


Ferramentas pessoais

sl
דומיין בעברית  דומיין  דומין  תוכנה לניהול  קשרי לקוחות  CRM, ניהול קשרי לקוחות  דומין בעברית  פורומים  ספרדית  גיבוי